29 de agosto de 2017

Conto gratuito | Vermelho

Título: Vermelho
Data de publicação: 30/07/2017
Gênero: Fantasia urbana
Tipo de história: Conto
Sinopse: Três vezes Julia foi à sua lanchonete favorita. Três vezes choveu. E três vezes ela viu a mesma mulher, de casaco preto e guarda-chuva vermelho.




Leia o conto



Vermelho está disponível para leitura no Sweek, e está participando do concurso de microcontos #Menosémais. Em breve estará disponível em outras plataformas também.

Vermelho


Julia desviou o olhar do croissant de chocolate e estudou a rua através do vidro lavado. Tamborilou os dedos na mesa. Será que ele ainda ia demorar muito? Tomou um gole de Coca e olhou para uma mulher que passava, abrigada debaixo de um guarda-chuva vermelho. Tão vermelho quanto a lata de Coca…
O vulto escuro deslizou pela rua molhada, voando na direção de Julia. O baque abafou o grito dela, e também os das outras pessoas. O vidro balançou na moldura.

25 de agosto de 2017

Novo Projeto | Os amantes de histórias

Título: Os amantes de histórias
Data de publicação: 24/07/2017
Gênero: Fantasia
Tipo de história: novela
Sinopse: Há algum tempo, Aurus descobriu uma casa abandonada em um bairro perto do centro de Maratz. Sempre teve curiosidade em decifrar a história de sua dona, Zanesha, mas isso sempre foi deixado para depois em meio ao tanto de problemas com que ele tem de lidar. Até que ele encontrou a chave, que parece ligar a história de Zanesha à de oura casa abandonada. Esta outra casa parece conter as respostas para as questões que tanto o intrigaram, assim como uma história tão interessante quanto, além de guardar alguns objetos mágicos. A combinação perfeita para despertar a curiosidade de Jilliane, sua namorada, que adora segredos e mistérios. No entanto, eles descobrem que há muitas pessoas interessadas no segredo desta casa, e que há um motivo para ela ter permanecido abandonada por praticamente cem anos.

Leia Os amantes de histórias



Os amantes de histórias – Capítulo 1


As garrafas de refrigerante tilintavam dentro da sacola, quebrando o silêncio da rua estreita e vazia. Não importava a maneira como segurava a sacola: Aurus não conseguia fazer com que parassem de tilintar.
Mas não tem importância, disse para si mesmo. Boa parte dos prédios estava salpicada pelos quadrados amarelos que eram as janelas, por isso estava todo mundo em casa. Só restavam apagadas as janelas dos apartamentos que estavam vazios e daqueles que pertenciam a pessoas com negócios noturnos — negócios que não envolviam assaltar logo ele, que tinha gastado suas últimas moedas com duas garrafas de refrigerante.

Sobre


A ideia para Os amantes de histórias surgiu há aproximadamente dois anos. Era, de início, um conto, que foi publicado no Wattpad em uma comemoração do SI&F para o dia dos namorados. Foi também um conto um tanto experimental, pois eu fiz duas coisas que eu raramente fazia: escrever em primeira pessoa e escrever sobre um casal fazendo coisas românticas (porque, embora existam casais nas minhas outras histórias, não há cenas em que esses casais fazem coisas românticas).

23 de agosto de 2017

Aviso: sobre o SI&F no 2º semestre de 2017

Se você é um seguidor assíduo do SI&F, deve ter percebido que o blog ficou parado por algum tempo (e se você é assinante da newsletter, deve ter percebido que a edição de julho não veio). Tanto que nem comemorei o aniversário do SI&F esse ano (tinha se tornado hábito fazer um especial e dar um presente para os leitores).


Foram vários os motivos do abandono. Um deles é que, embora o sistema de organização que eu adotei tenha funcionado para o SI&F, não funcionou para todo o resto. Acontecia que eu ficava boa parte do dia trabalhando nos posts e, no final, não sobrava muito tempo para escrever, e nem muito pique. E, embora o SI&F seja parte da minha profissão, não adianta muito manter o blog atualizado e não escrever nada.

E tiveram alguns problemas pessoais que acabaram me deixando cansada e tomavam grande parte do meu dia. E, conforme eu disse acima, não dá para dar conta de tudo. Nesse semestre, acabei largando a faculdade (que está trancada agora, mas não sei se tenho intenção de voltar ao curso, já que não gostei dele) e, logo depois, o blog.