5 de dezembro de 2016

Resenha | O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Título: O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares (volume 1)
Autor: Ransom Riggs
Ano de publicação: 2015
Editora: Leya
Número de páginas: 335
Compre O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares
Sinopse: Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.

Jacob gostava das histórias de fantasmas e super-heróis de seu avô, mas, conforme foi crescendo, deixou de acreditar nelas. Até que o avô dele é atacado, e apenas Jacob foi capaz de ver a criatura estranha e assustadora que é a provável responsável pela morte do avô. Convencido por todos ao redor de que a criatura era apenas fruto de sua imaginação, Jacob começa a fazer terapia e é encorajado pelo terapeuta a visitar a ilha no País de Gales onde o avô dele afirma ter vivido junto de várias outras crianças com dons especiais.

Essa premissa me fez esperar uma história de mistério e fantasmas, talvez com um pouco de terror, mas O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares se revelou uma história de aventura, e logo os elementos de terror que permeiam as primeiras páginas são desmistificados. Não que seja uma história de aventura ruim. A trama é interessante e me prendeu bastante, suas pontas soltas me fazendo virar as páginas. Só achei que em alguns momentos o autor revelou demais. Talvez algumas coisas (especialmente aquelas relativas às Crianças Peculiares e ao seu universo) tivessem mais impacto se não tivessem sido reveladas ao leitor e aos personagens; achei que a história explicou demais em alguns pontos.

A narrativa em primeira pessoa não tem nada de muito especial, mas é boa e cumpriu seu papel de me manter imersa na história. Os personagens são interessantes, mas alguns deles são só isso. Em alguns momentos senti falta de uma caracterização mais profunda, ainda que coerente com a idade ou maturidade dos personagens. Ainda assim, suas peculiaridades são interessantes, e cada um possui um dom diferente, lembrando um pouco os X-Men.

O final traz uma boa dose de ação e encerra os acontecimentos do primeiro volume, ao mesmo tempo em que deixa pontas soltas para os próximos. Algumas revelações e reviravoltas foram inesperadas. Em resumo, O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares é uma história divertida e interessante, ainda que tenha seus problemas e clichês e não envolva tantos fantasmas quanto eu esperava.

Avaliação:

Trama: 4
Narrativa: 4
Personagens: 3
Caracterização: 3
Coerência: 4
Criatividade: 3
Revisão: 4




Assine a newsletter
Receba em seu e-mail, mensalmente, novidades para escritores, leitores e blogueiros, conteúdo exclusivo e os últimos posts do SI&F.

ou siga as atualizações do blog nas redes sociais:
Facebook | Twitter | Google + | Instagram | Pinterest

Um comentário :

  1. Oi, tudo bem? Adorei sua resenha. Eu também comecei lendo o livro achando que seria uma história de terror com fantasmas, mas me surpreendi com a trama que envolve o livro. Achei bem bacana, e estou doida para dar continuidade na leitura!

    Beijos

    www.entrelinhaseparagrafos.com.br

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...