3 de dezembro de 2016

Diário de Escrita #13 | NaNoWriMo 2016 - 4ª semana de novembro

E novembro finalmente terminou! Trinta dias bem intensos, mas, também, divertidos (ao menos me diverti escrevendo Interligado, o que foi bem importante para mim).


Confira também:

E, pela primeira vez desde que participo do NaNoWriMo (seja da edição de novembro ou das edições de abril e julho), eu ganhei. Consegui cumprir as metas diárias na maioria dos dias, e consegui compensar a meta dos dias em que não a alcancei ou sequer escrevi. Em resumo, consegui escrever cinquenta mil palavras em novembro! EU VENCI!


Outra coisa importante para mim foi que escrevi (e até tive um rendimento razoável) em dias em que, normalmente, teria arranjado uma desculpa qualquer para não escrever (coisas como: “já é meia-noite, tenho que acordar às seis amanhã, se for para escrever só meia hora, melhor nem começar”, uma desculpa que usei bastante esse ano). Mas, com a pressão de um desafio (e com um leve esforço para ignorar os ponteiros andando, afinal não tem nada que eu odeie mais do que começar a escrever pensando que eu tenho hora para parar), a desculpa deixou de existir, e eu fiz sessões de escrita bem divertidas e produtivas (vamos ignorar o fato de que eu perdi hora várias vezes, afinal, não é culpa minha que as pessoas matutinas dominaram o mundo).

Quanto ao livro, vou ter que, obviamente, fazer muitas mudanças. Talvez eu até reescreva esses capítulos iniciais (apesar de o livro já ter um pouco mais de 50 mil palavras, nem cheguei ao final do primeiro ato, o que é, obviamente, um grande problema) antes de prosseguir com a história. Mas já me conformei que meu processo de escrita funciona assim. Eu tenho que saber para onde eu vou e conhecer ao menos um pouco do mundo e dos personagens para conseguir escrever (se não planejo, acabo tendo bloqueio e procrastinando porque simplesmente não sei o que escrever), mas, conforme vou avançando nos primeiros capítulos, vou tendo ideias mais sólidas para o enredo, acrescento e mudo personagens, descubro motivações mais importantes para eles. E assim, com as ideias mais solidificadas, refaço o planejamento, e aí consigo seguir com a história.


Por isso, esses dias provavelmente vou tirar uma folga de Interligado para me dedicar a refazer esse planejamento e pensar um pouco mais nos personagens, e também pretendo aproveitar para escrever e revisar alguns contos (espero que a nova versão de A ladra que roubava ladrões saia em breve).

Mas, mais do que para falar sobre o que vou fazer em dezembro, esse post é para mostrar o que aconteceu na última semana de novembro, então vamos ao diário de escrita!

Em primeiro lugar, as barrinhas de progresso e os números dessa semana:

Total de capítulos escritos: 10
Total de palavras: 50056 (contagem do Excel)
Média de palavras por dia1: 1619

1O total de palavras escritas nesta última semana dividido por 9 dias.

Andamento do livro

O progresso em relação à meta do NaNoWriMo:


O progresso em relação à previsão do total de palavras do livro2:


2Considerando as 100 mil palavras previstas com base no planejamento.

Antes de falar sobre como foi a escrita nos últimos dias, farei uma correção. Como vou gravando no Excel os detalhes do meu progresso, acabei percebendo que eu fiz umas contas erradas, então abaixo vai a tabela com os números corrigidos do que escrevi no mês todo. Comparei o que escrevi em cada dia à meta diária, e também os números totais do livro com o que eu deveria ter a cada dia, se seguisse totalmente à risca as metas do NaNoWriMo.


Diário de escrita - Semana 4


22/11/2016: Escrevi durante mais ou menos 3h durante a madrugada, o que rendeu 1975 palavras. Finalizei o capítulo 4, e o livro agora tem 37458 palavras.

23/11/2016: De última hora, tive algumas ideias novas para o livro e adicionei um capítulo novo entre os capítulos 4 e 5. A escrita fluiu bem, e gostei bastante do resultado (mais do que gostei de todas as demais partes do livro até agora). Depois de finalizar esse capítulo, que foi bem curtinho, voltei à cronologia da história, dando início ao capítulo 8 (que antes seria o 7). No total (uma sessão de escrita de madrugada e outra no finalzinho da noite) o dia rendeu 2539 palavras, e o livro ficou com 39997 palavras.

24/11/2016: Escrevi durante uma hora de madrugada e finalizei o capítulo 8. Depois, no finalzinho da noite, fiz outra sessão de escrita, dando início ao 9 (mas não gostei muito do que escrevi). No total, foram 2145 palavras, de forma que o livro ficou com 42142 palavras.

25/11/2016: Não escrevi, só procrastinei. 0 palavras.

26/11/2016: Comecei a repensar algumas coisas sobre o replanejamento de Interligado (e também sobre o mundo e os personagens) e acabei anotando várias ideias e repensando alguns dos acontecimentos do enredo. Mas acabei não acrescentando palavras novas ao livro. 0 palavras.

27/11/2016: Escrevi durante mais ou menos umas 2h30, sendo que finalizei o capítulo 9. Foram 2271 palavras no dia; no total, 44413 (um pouco abaixo das 45 mil que devia ter alcançado no dia, mas considerando que fiquei 2 dias seguidos sem escrever, até que foi um bom rendimento).

28/11/2016: Tive uma madrugada bem produtiva. Em 3 horas, escrevi o capítulo 10 inteiro, o que rendeu 2436 palavras. No total, o livro conta com 46849 palavras.

29/11/2016: No meio da tarde, acabei tendo uma ideia para um conto que eu precisava escrever para uma antologia. Foram 2206 palavras, mas nenhuma delas para Interligado.

30/11/2016: Comecei o capítulo 11 pela madrugada e encerrei o dia após escrever 3207 palavras, faltando só uma cena para terminar (mas já eram umas 4 horas e eu tinha prova no dia seguinte, ainda que à tarde). Totalizei 50056 palavras para o livro e bati a meta!

Os números acabaram não batendo muito. O contador de palavras do NaNo deu 52149 palavras, o do Word, 50107, e minhas contas no Excel resultaram em 50056. ¯\_()_/¯

Nessa semana escrevi um total de 14573 palavras (o que não foi nada mau \o/). No mês todo, foram 16 dias em que finalizei a sessão de escrita abaixo do total de palavras, sendo que em 5 deles não escrevi nada (e em um deles escrevi outra coisa que não Interligado). Meu recorde foi de 4470 palavras em um único dia (\o/), e na maioria deles fiz algo entre 1700 a 2000 palavras. No todo, estou bem satisfeita com o meu desempenho, apesar dos dias abaixo da meta e naqueles em que fiquei sem escrever.

Meus planos consistem em me dedicar a contos e ao replanejamento nesta semana e retomar a escrita (ou reescrita) de Interligado/Divindade Artificial no dia 8, em que farei a última prova do semestre. Como então ganharei minhas meias e serei uma elfa mulher livre, minha meta diária vai ser de 2 mil palavras por dia, e vou continuar fazendo gráficos (eles me inspiram), tabelas e barras de porcentagem, e também vou continuar postando trechos nas redes sociais. Só procurar pelas hashtags #Interligado ou #DivindadeArtificial no Facebook ou no Instagram.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...