21 de novembro de 2016

Resenha | Habitantes do Cosmos

Título: Habitantes do Cosmos (Habitantes do Cosmos #1)
Autor: Francélia Pereira
Ano de publicação: 2015
Editora: Multifoco
Número de páginas: 193
Sinopse: A História da humanidade está envolta em muitos mistérios, e os povos ancestrais já se perdem nas brumas do tempo. Grandes civilizações deixaram seu legado através de ruínas e de textos antigos, mas terras, como as do Brasil, ainda mantêm seu passado envolto em enigmas; que vão se revelando aos poucos para quem sabe “ver” e “ouvir”.
Em Habitantes do Cosmos, passado, presente e futuro se encontram e nos revelam a importância do verdadeiro conhecimento para o nosso desenvolvimento, é uma história que nos mostra que somente após descobrirmos quem somos é que teremos um lugar seguro no futuro à nossa espera.

Habitantes do Cosmos se passa no futuro, muito tempo depois de a humanidade ter exaurido os recursos da Terra e, por isso, se espalhado pelo sistema solar, habitando principalmente Marte, e Lua e Europa. Nesse cenário, acompanhamos a história de Hayato, sua esposa Merlin, Krishna e Grineu, que fazem sua busca por um mapa perdido capaz de salvar a humanidade, em paralelo com a dos androides Aldous e David, que atravessaram um portal e descobriram um mundo novo para explorar.

Assim como o outro volume, protagonizado por Artemísia, Habitantes do Cosmos mistura um cenário futurista e distópico a um pouco de fantasia, que foi inspirada em lendas indígenas. Por isso, traz uma trama interessante no estilo caça ao tesouro, com enigmas para serem resolvidos e algumas reviravoltas.

Com essa premissa, Habitantes do Cosmos tinha tudo para ser um livro bem interessante e que foge um pouco dos clichês que estamos acostumados a ver em fantasia e ficção científica, especialmente no que diz respeito ao worldbuilding. O que não me agradou foi a execução.

A narrativa é bem apressada, usando o tell em vez do show, e isso acabou tirando a emoção dos momentos de ação e descobertas e deixou os personagens pouco críveis, sem uma caracterização que os destacasse e os tornasse interessantes. Além disso, em alguns pontos a autora trocou o tempo verbal da narrativa, pulando do passado para o presente. encontrei alguns erros de digitação ao longo do livro, também. Nada que prejudicasse o entendimento, mas faltou mais cuidado com a revisão.

Os personagens foram os mais prejudicados pela narrativa apressada. A caracterização é bem leve, sendo que só conhecemos uma ou outra característica de suas personalidades em vez de sermos apresentados a seus medos, motivações e objetivos. Os relacionamentos entre eles também não foram bem explorados. As questões mal resolvidas entre Hayato e sua mãe, por exemplo, teriam trazido à história discussões interessantes (inclusive sobre worldbuilding) se tivessem sido melhor exploradas. Além disso, algo que me incomodou foi que o romance surge rápido demais, praticamente um amor à primeira vista, sem que pistas de que estão começando a se tornar próximos sejam mostradas.

A ideia do worldbuilding me agradou bastante, desde a humanidade espalhada pelo sistema solar e indo de um local a outro utilizando-se de naves até as diferenças culturais e tradições presentes em cada local, muitas vezes resgatando lendas antigas (como a já citada mitologia indígena). Também são abordadas questões de gênero e classe social, em que a autora inovou mostrando um mundo que superou os preconceitos contra mulheres. Ainda assim, o livro não atingiu todo o seu potencial: diversas questões interessantes foram levantadas, mas no fim acabaram não sendo exploradas a fundo, o que acabou sendo uma pena, pois isso só fortaleceria o worldbuilding e a trama.

O final resolve todos os problemas na trama, tornando este um volume fechado, apesar de fazer parte de uma série. Então é possível ler seus volumes em qualquer ordem, sem prejuízo para o entendimento.

Avaliação:

Trama: 4
Narrativa: 1
Personagens: 2
Caracterização: 2
Coerência: 3
Criatividade: 4
Revisão: 3



Outros livros de Francélia Pereira:



Assine a newsletter
Receba em seu e-mail, mensalmente, novidades para escritores, leitores e blogueiros, conteúdo exclusivo e os últimos posts do SI&F.

ou siga as atualizações do blog nas redes sociais:
Facebook | Twitter | Google + | Instagram | Pinterest

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...