29 de agosto de 2013

Resenha | A Maldição do Tigre

Título: A Maldição do Tigre (Volume 1)
Autora: Colleen Houck
Ano de publicação: 2011
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 344
Compre: Submarino | Saraiva | Amazon
Sinopse (Skoob): Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

A Maldição do Tigre é narrado em primeira pessoa por Kelsey Hayes. Seus pais morreram recentemente, por isso ela mora com sua família adotiva e esta à procura de um emprego para pagar por seus estudos. Consegue um trabalho temporário em um circo, onde, em meio às suas tarefas, conhece um tigre branco chamado Dhiren. Apelidou-o de Ren e adquiriu o costume de dedicar certo tempo a lhe fazer companhia e ler poemas para ele.

Poucos dias mais tarde, chega à jaula de Ren e encontra um homem parado próximo a ela. Ele se apresenta como Sr. Kadam, e aparentemente está interessado em comprar o tigre a fim de levá-lo a uma reserva na Índia. Também oferece um emprego a Kelsey: a menina será muito bem remunerada se acompanhar o tigre à suposta reserva. Kelsey concorda, e pouco depois já está pronta para partir para a Índia com o tigre Dhiren e o Sr. Kadam.

Essa parte me pareceu um tanto forçada, afinal, se Kelsey não tivesse concordado (e, em minha opinião, teria muitos motivos para não confiar no Sr. Kadam e recusar a proposta), a história não existiria.

Chegam à Índia e tudo sai como planejado, até certo momento. Em determinado ponto da viagem, após um pequeno incidente, o tigre resolve se revelar: é um príncipe indiano, Dhiren Rajaram, amaldiçoado há mais de 300 anos e condenado a permanecer na forma de tigre por toda a eternidade, tendo apenas vinte e quatro minutos a cada vinte e quatro horas como homem — momentos durante os quais Kelsey faz inúmeras perguntas a fim de saciar sua curiosidade.

Kelsey descobre também que foi trazida à Índia para ajudar Dhiren a se livrar da maldição, e concorda em continuar a viagem. A partir desse ponto, a história se torna mais interessante, passando a narrar como a menina, Dhiren e o Sr. Kadam estudam a mitologia da Índia e desvendam enigmas que os levarão, supostamente, à quebra da maldição.

A mitologia apresentada é muito interessante e dá a entender que a autora pesquisou e leu muito a respeito, não somente de deuses e mitologia como também de outros aspectos culturais, tais como culinária e vestimentas, como também alguns costumes e um pouco da história. Ao longo da jornada, Kelsey passa a conhecer Dhiren nos poucos minutos de que dispõem e se envolve romanticamente com ele.

Contudo, alguns trechos deixam a desejar, especialmente os de ação, onde falta um pouco de tensão. Às vezes fica muito claro que tudo vai dar certo, e que passarão por todos os desafios com sucesso e sem colocar suas vidas em risco. A descrição dos momentos mais românticos é, em minha opinião, um tanto excessiva, tornando as cenas um tanto “meladas” demais. Ademais, nos últimos capítulos do livro Kelsey começa a fazer questionamentos quanto à sua relação com Dhiren e tomar algumas atitudes que irritam o leitor, embora alguns trechos sejam engraçados.

O vilão é apresentado apenas no final do livro, contudo, não seus objetivos, o que, consequentemente, deixa uma ponta solta para a continuação da série e aguça a curiosidade do leitor.

No todo, A Maldição do Tigre é um livro interessante, que apresenta a mitologia de maneira bastante diferente e de certa forma consegue prender o leitor, concedendo-lhe uma leitura agradável e divertida, apesar de possuir seus pontos negativos.

★ ★ ★ ☆ ☆


Assine a newsletter!
Receba em seu e-mail, mensalmente, novidades para escritores, leitores e blogueiros, conteúdo exclusivo e os últimos posts do SI&F.

ou siga as atualizações do blog nas redes sociais:
Facebook | Twitter | Google + | Instagram | Pinterest

5 comentários :

  1. Sinto tanta vontade de ler esses livros...
    Até comprei, só que ando tãod esanimada com triangulos amorosos :(

    Beijinhos

    Paula,

    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro realmente é bastante focado no romance, mas também explora a cultura e a mitologia da Índia e a própria aventura em si, então creio que valha a pena ler.
      Beijo!

      Excluir
  2. já li e amei preciso desesperadamente comprar o segundo livro da serie!


    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Também ainda não consegui comprar o restante da série. Tenho expectativas de que seja melhor.

    Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  4. Não é a primeira vez que leio uma resenha com opinião semelhante (rs). Quero ler este livro pelo simples fato de que vale a pena conhecê-lo, mas ao mesmo tempo não é uma série que te deixa enlouquecido para ter em mãos.
    Parece-me mais que forçado a personagem simplesmente aceitar ir para a Índia toda feliz e ingênua, com desconhecidos! Sério. ¬.¬' Enfim, como diz a minha mãe: "Ela é especial." Quando assisto a um filme em que explode uma bomba ao lado do homem, ele leva 30 tiros e ainda está de pé... Ela diz: "Ele é especial". Se o carro continua inteiro: "O carro é especial". E assim por diante, kkk. Ela tenta sempre manter a fantasia, sabe? Acho que esse livro só é bom quando nos permitimos sugestionar por ele. Se formos muito críticos, acharemos uma porcaria (?). :/

    De qualquer modo, o lerei.

    Flor, marquei seu blog numa TAG! :D http://myqueenside.blogspot.com.br/2013/09/11-coisas_6.html#more

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...