4 de agosto de 2013

Curiosidades: Kenza

No conto A Perdição de Kenza, o passado da personagem é citado rapidamente (uma vez que ele não é o foco da história).

Após anos de estudo, horas e horas de dedicação, milhares de sacrifícios, todas as coisas horríveis que tivera de fazer… E no fim tudo valera a pena, pois seu projeto fora concluído com êxito.

Contudo, enquanto desenvolvia esse conto, imaginei a história de vida da personagem, muito embora não fosse incluí-lo no conto (ao menos, não nesse, por enquanto).



Obviamente, Kenza dedicou grande parte de sua vida à criação de Garn, o objeto mágico mais poderoso do mundo (leia aqui um pouco a respeito da mitologia envolvida). E isto lhe custou muito, e ela até mesmo precisou fazer coisas horríveis (como, por exemplo, assassinatos) para alcançar sua meta.

Por que destruir um projeto que precisara de anos de dedicação para ser concluído, um projeto que se tornara o objetivo da vida de Kenza, o projeto que dava sentido à sua vida?

Kenza se corrompeu na busca pelo Objeto Mágico Mais Poderoso. O que para muitos bruxos seria uma maneira de desenvolver suas habilidades e ampliar seus conhecimentos acerca da magia, para Kenza (e para muitos outros também, é claro) isso se tornou uma meta a ser alcançada, onde seu objetivo final era o poder, a possibilidade de controlar a tudo e a todos.

A garota assassinou não somente sua família, como também muitos outros que se puseram em seu caminho, fosse para dissuadi-la de seus objetivos, fosse para eliminá-la. E, no fim, Lyann negou sua benção, impedindo que Kenza concluísse seu objeto mágico — e causasse ainda mais mortes e catástrofes maiores.

Muito disso eu idealizei enquanto escrevia esse conto, e por isso percebi que há muito há ser explorado, tanto a respeito da vida da personagem, Kenza, quanto no que concerne a Myhorr, o mundo criado por mim (leia a respeito aqui e aqui) e sua mitologia.

Ainda não é uma decisão definitiva, uma vez que tenho muitas ideias para colocar no papel, mas pode ser que muitos contos surjam a partir dessas ideias. Aguardem!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...